Adoção – PROCURO um LAR

    Adotar um animal de companhia é assumir um compromisso com um animal, com os restantes membros da família e com a sociedade, por um período de tempo médio de 12 anos. É um ato humanamente dignificante, dotado de uma enorme responsabilidade, que deve ser bem ponderado antes de ser assumido!

Porque envolve seres vivos com sensibilidade, emoções e necessidades que os torna dependentes do seu adotante, devem ser acauteladas as condições para os alojar em segurança, os custos com alimentação e cuidados de saúde, passeios higiénicos, necessidade de exercício, férias ou mesmo a probabilidade de o animal crescer mais do que o esperado.

Os animais têm direitos e os seus adotantes têm deveres!

Ao adotar um companheiro através dos serviços Municipais, está a proporcionar uma oportunidade de tratamento diferenciado, especial, com o conforto em termos de condições e de emoções a um animal que não o teve antes. Esta promessa não pode ser descurada!

Os animais ao cuidado do município foram recolhidos da rua ou nasceram nas instalações municipais. Recebem tratamentos médicos e de profilaxia sanitária e a atenção e carinho possíveis a uma estrutura que abriga muitos animais. No ato de adoção, são portadores de um boletim sanitário com registo do microchip de identificação eletrónica já em nome do seu novo protetor, registo da vacina antirrábica (se tiver mais de 3 meses de idade) e sua validade e das desparasitações de que foi alvo. Se o animal não teve oportunidade de ser esterilizado, leva consigo um “Cheque Veterinário” que permitirá ao seu novo detentor providenciar a sua esterilização no mais curto espaço de tempo, numa clínica veterinária aderente ao projecto.

Como Proceder

Pode encantar-se pelo seu novo companheiro através da galeria de fotos, onde cada animal se encontra identificado com código. Na secção de formulários encontra um formulário de “Pedido de Adoção” e caracteriza o animal pretendido, colocando o código em “código interno” e submete o pedido. Os serviços veterinários contactá-lo-ão.

Em alternativa pode visitar o nosso abrigo e depois formalizar o pedido nos serviços de atendimento do “Balcão Único”.    

 

ADOÇÃO