LiveZilla Live Chat Software

 

Igualdade de Género

 

Parceria com o Projeto “Equal Rights & Equal Duties”, pela Associação Humanitária de Mulheres Empreendedoras

 

Em julho de 2013 estabeleceu o Município de Vizela com a Associação Humanitária de Mulheres Empreendedoras (AHME), Protocolo de Parceria tendo como principal objetivo a partilha mútua de conhecimento e desenvolvimento de atividades em prol da sociedade civil, sobretudo no âmbito do projeto “Equal Rights & Equal Duties” aprovado pelo POPH e pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género enquanto organismo intermédio.

 

Sobre a AHME

 

logo AHME

 

 

 

 

 

 

 

 

A Associação Humanitária de Mulheres Empreendedoras (AHME), sediada em Lisboa, é uma Organização Não Governamental constituída como associação sem fins lucrativos, que atua nas áreas do Empreendedorismo Feminino, da Igualdade de Género, do Combate à Violência Doméstica e do Combate ao Tráfico de Seres Humanos.

 

Parceria Município de Vizela - AHME 

 

Como resultado desta parceria, entretanto já concluída, no Município de Vizela foram realizadas ações no âmbito da sensibilização, informação e promoção da Igualdade de Género:

 

Gabinete de Encaminhamento de Vítimas de Violência Doméstica

Vizela criou no próprio mês de julho o Gabinete de Encaminhamento de Vítimas de Violência Doméstica, espaço onde foi prestado às vítimas de violência doméstica um atendimento personalizado e confidencial por parte de duas técnicas qualificadas – psicóloga e jurista.

O Gabinete funcionou às Segundas-feiras, das 9h às 13h, na Sede do Município - Praça do Município, 4815-013 Vizela.

 

Campanha “É um Pai Presente?”

Esta iniciativa foi levada a cabo de Julho a agosto com a divulgação de cartazes e folhetos no âmbito da temática dos direitos parentais, porém com enfoque nas questões inerentes à paternidade, salientando a importância do papel ativo do Pai na educação e vida da criança.

 

Ação de sensibilização “Igualdade de Género”

Iniciativa com a duração de dois dias, realizada com o objetivo de salientar questões de género relacionadas com a situação atual das mulheres e dos homens em Portugal, a evolução de mentalidades e a intervenção integrada para a Mudança.

 

Exposição “Mulher sem Título” e Workshop de pintura

A igualdade de género e a violência doméstica têm inspirado o trabalho da artista Milita Doré cujas obras, além do aspeto artístico, evidenciam uma mensagem de independência e de respeito de cada ser em relação ao outro, não obstante a importância do aspeto íntimo e dos sentimentos de cada um.

Esta exposição, patente de 23 de outubro a 29 de novembro no átrio do edifício sede do Município, convidou cada visitante a levar consigo uma flor de papel, a fim continuar o debate sobre a independência da mulher através do cumprimento das leis, tanto a nível social como a nível familiar e profissional. O workshop (oficina de trabalho) de pintura promovido no mesmo âmbito seguiu-se à inauguração da exposição com o intuito de potenciar uma exploração mais pessoal das questões de género, funcionando como uma forma muito particular de cada pessoa se manifestar sobre o tema.

 

Sensibilização “Prevenção e Combate da Violência de Género”

Ação realizada em dois dias com o objetivo de potenciar momentos de sensibilização e reflexão acerca dos aspetos inerentes à problemática da violência de género, desde os estereótipos, a cidadania e a exclusão social, às instituições de apoio, ao enquadramento jurídico e às questões legais.

 

Seminário “Pai, brincas comigo? – o impacto do envolvimento paterno no desenvolvimento e progressão das famílias e das crianças”

Numa alusão ao Dia do Pai, esta ação foi levada a cabo no dia 20 de março com o objetivo de promover a participação ativa dos pais na vida familiar. A iniciativa contou com a colaboração da Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ) e teve como destinatários: jovens e associações juvenis, pais, mães, encarregad@s de educação, técnic@s e profissionais de entidades da sociedade civil, ficando também aberta à participação da população geral com especial interesse na área.

 

Seminário “Saúde e Violência”

Esta ação, desenvolvida com a colaboração da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Vizela, focou em especial a temática do NAMORO, contextualizando as questões de Saúde e Violência no âmbito da adolescência. O seminário foi direcionado para áreas que atuam junto de jovens, designadamente profissionais de saúde, educação, psicologia, serviço social, agentes de autoridade policial, técnicos de CPCJ e outr@s profissionais com interesse na temática. No decorrer do seminário, e para um público-alvo de jovens/adolescentes, esteve presente para visita e prestação de esclarecimentos diversos, a Unidade Móvel do Projeto “CUIDA-TE” do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) que contou com a adesão de cerca de 40 alun@s.

 

Documentos para download:

Folheto do Gabinete de Encaminhamento de Vítimas de Violência Doméstica

Folheto da campanha “É um Pai Presente?”

 

 

Adesão à Rede de Municípios Solidários

 

logo1

Entre o Governo e a Associação Nacional de Municípios Portugueses foi assinado um Protocolo de Cooperação com vista a criar uma Rede de Municípios Solidários, atendendo à importância e necessidade de apoiar as mulheres vítimas de violência doméstica no seu processo de autonomização, após saída das casas abrigo.

Vizela subscreveu a adesão a esta rede, dentro das especificidades do seu contexto, assumindo prestar, através do serviço de Ação Social, o apoio necessário às mulheres vítimas de violência doméstica que pretendam instalar-se no concelho, para construção de uma nova vida em segurança, longe do agressor. Esta atuação foca a procura de habitação no mercado de arrendamento da área territorial do concelho, mediante as possibilidades económicas da vítima, uma vez que a questão da habitação foi identificada, a nível nacional, como uma das que maior dificuldade coloca no momento de saída da casa abrigo.

Vizela encontra-se, assim, na lista de quase uma centena de municípios aderentes a esta Rede de Municípios Solidários: http://www.anmp.pt/index.php/protocolos/135

 

 

Acordo de Cooperação com o Projeto “Working Genderation: no trabalho e  na vida”, pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto

 

 

 

logo fpceup

Em junho de 2015, a Câmara Municipal estabeleceu um Acordo de Cooperação com a Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto, para adesão ao Projeto “Working Genderation: no trabalho e na vida”, desenvolvido em parceria com o programa EEA Grants e a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género - CIG.

 

Este projeto refere-se, na designação escolhida, ao âmbito de atuação que corresponde ao mercado de trabalho e seus/suas trabalhadores/as (working) e à junção das palavras “género” e “geração” (gender + generation), remetendo para a construção de uma nova era de igualdade, entre homens e mulheres, no “trabalho e na vida”. O idioma em inglês prende-se com o facto de esta iniciativa se tratar de um projeto internacional, envolvendo não apenas Portugal, como a Islândia e a Lituânia também.

 

Uma sociedade sem distinção de género - assim é o mote de “Working Genderation – no Trabalho e na Vida”. Igualdade de direitos e liberdades para iguais oportunidades de participação, reconhecimento e valorização, em todos os domínios da sociedade - político, económico, laboral, pessoal e familiar.

 

Estabelecido acordo com o Município, o projeto passou a incluir Vizela no seu objetivo de contribuir para a mobilização dos parceiros sociais para a temática da igualdade de género, incorporando estes princípios nas políticas e estratégias de intervenção das empresas do setor têxtil de vestuário e calçado, promovendo também formação certificada no âmbito interno da autarquia, no sentido do diagnóstico de necessidades com vista à implementação de medidas internas e externas de igualdade na Câmara Municipal.

 

 

 

outubro
D S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4

Newsletter

agendaculturas

norte2020

discussao publica

ContratacaoPublica

transp

WIFI
Geoportal
sugestao2.png
inquerito
Copyright @ CM-Vizela